quarta-feira, 9 de março de 2011

Raimundos




Eles criaram o Forró-core, um estilo que mistura o som pesado das guitarras do Hardcore com o embalo dançante dos ritmos nordestinos, influência trazida principalmente por Rodolfo, cuja família é da Paraíba.

A história do Raimundos começa em Brasília, no ano de 1987. Rodolfo e Digão eram vizinhos e compartilhavam os mesmos gostos musicais. A idéia de uma banda cover do Ramones surgiu naturalmente, e contou com Rodolfo na guitarra e Digão na bateria, além dos amigos Titi (vocal) e Canisso (baixo).


A primeira apresentação realizada foi no réveillon de 1987 para 1988, e foi neste dia que Fred, futuro baterista da banda, tornou-se fã do grupo. Entre os anos de 1990 e 1992, a banda ficou fora de atividade, pois cada integrante seguiu um caminho diferente.


Uma oportunidade de show em Goiânia foi o motivo para que a banda voltasse a tocar. Rodolfo, que agora era vocalista da banda Royal Street Flesh no Rio de Janeiro, assumiu o vocal. Digão passou a comandar a guitarra. Cassino continuou como baixista, e Fred, aquele fã da banda, tornou-se o baterista nesta nova fase do Raimundos.


A banda gravou uma demo com as faixas “Nega Jurema”, “Marujo”, “Palhas do Coqueiro” e “Sanidade”, em 1993, a fim de divulgar o trabalho. As letras cheias de palavras fortes e trocadilhos maliciosos chamaram a atenção do público e da Banguela Records, selo da banda Titãs.


O disco de estréia, auto-intitulado, veio em 1994, e teve como carro-chefe a música “Selim”. O segundo trabalho é lançado pela gravadora Warner e chega um ano depois, recebendo o nome “Lavô Tá Novo”. Uma particularidade deste álbum é a produção, cujo responsável foi Mark Dearnley, que já produziu discos de bandas consagradas como AC/DC e Black Sabbath.

Formação clássica

Deste trabalho do Raimundos, deve-se um destaque especial para as faixas “Eu Quero Ver o Oco” e “I Saw You Saying (That You Say That You Saw)”, que impulsionaram o sucesso do disco. Nesta mesma época, o Raimundos ganhou grande notoriedade por ter tocado em festivais de rock ao lado de bandas como Motörhead e Iron Maiden.


Em 1996, a banda lança a coletânea “Cesta Básica”, com vídeos dos bastidores, trechos de apresentações ao vivo e três músicas inéditas: “Papeau Nuky Doe”, “A Sua” e “Infeliz Natal”. Para completar o pacote, a coletânea trazia uma revista em quadrinhos criada pelo cartunista Angeli.


O quarto álbum, “Lapadas do Povo”, traz um Raimundos mais sério e intimista, não agradando tanto o público quanto o fez com os trabalhos anteriores. Na mesma época, em um show de divulgação do disco acontece uma tragédia: um alambrado cai em cima do público, causando a morte de oito pessoas e deixando mais de 60 feridos.


Após este incidente, a banda cancela vários shows e só retorna em 1999 com o próximo álbum, “Só No Foréveis”. Este foi o disco de maior sucesso da carreira e as principais canções foram “A Mais Pedida”, “Me Lambe” e “Mulher de Fases”, tocando incansavelmente nas rádios de todo país.


Com o enorme sucesso obtido pela banda, o grupo é convidado a estrear o projeto MTV Ao Vivo. O álbum duplo, “MTV Ao Vivo – Raimundos”, foi gravado durante os shows da turnê anterior da banda nas cidades de São Paulo e Curitiba, e lançado em 2000.


No auge da carreira, Digão, Canisso e Fred são surpreendidos com a notícia de que Rodolfo deixaria a banda, alegando não estar de acordo com o rumo tomado pelo Raimundos. Os três decidem encerrar a banda, mas voltam alguns meses depois com um novo disco, “Éramos 4”, enquanto Rodolfo parte para outra banda, seguindo uma linha mais crítica do que engraçada.

Rodolfo


O novo trabalho do Raimundos trouxe diversos covers do Ramones, inclusive um ex-integrante da banda norte-americana, o baterista Marky Ramone. O álbum contou com Digão no vocal e com a regravação de uma antiga demo do Raimundos: “Sanidade”.


No ano de 2002, o grupo lança o álbum “Kavookavala”, contando com Marquim na guitarra. Após este álbum, Canisso deixa a banda e é substituído por Alf. Os integrantes dedicam-se também aos projetos paralelos à banda neste momento, causando conflitos com a agenda de shows do Raimundos.


Três anos depois, o EP “Pt Qq cOisAh” (Ponto Qualquer Coisa) é disponibilizado de forma independente na internet para download. As cinco faixas deste disco foram “Pemba Talk”, “Sol e Lua”, “Oversize”, “Folha de Zinco” e “Macaxeira”.


Um tempo depois, Canisso volta ao grupo, enquanto Alf sai. Da mesma forma, Fred deixa a banda e é substituído por Caio. O Raimundos promete uma virada na situação atual da banda e garante que o grupo ainda fará muita história.

Formação atual
 Fotos: Reprodução

video


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário